O que fazer em São Paulo em 3 dias

O que fazer em São Paulo em 3 dias
São Paulo é uma das capitais mais agitadas e com atrações para todos os públicos e gostos, pensando nisso, é bem difícil encaixar várias atividades em apenas 3 dias na cidade, já que as opções são inúmeras. Sugiro não preencher seu tempo com muitas atrações,pois acaba ficando cansativo e você não curte com calma, assim, prefiro conhecer bem poucos lugares a encher a  agenda de rápidas passagens.

Para quem tem poucos dias em SP, nossa dica é andar de Uber, pois consideramos esse um ótimo custo x benefício, ah, sem falar que em SP o Uber está legalizado (SP Capital, em Guarulhos ainda não), então foi tudo tranquilo!!

Dia 1- Sábado

Para fugir um pouco das atrações turísticas, tire um dia para curtir restaurantes e bares frequentados por locais, e para quem seguir a nossa dica de Hotel, comece no Restaurante La Peruana que fica ali próximo. Chegue cedo e aproveite para dar uma passeada nas ruas do bairro Jardim Paulistano que é bem tranquilo e agradável.

Pisco Sour no La Peruana, excelente!!!

Nossa segunda dica do dia é seguir à tarde para o Eataly, acompanhe a página do Instagram deles (@eatalybr) e fique por dentro das atrações que acontecem geralmente aos finais de semana e continue seu tour nesse mercado gastronômico.

Eataly Brasil

Já que começamos nosso roteiro em um sábado, escolher algum bar em São Paulo é um programão para esse dia. Seguimos então para o Empório Alto dos Pinheiros, uma casa que oferece cerca de 750 rótulos de cerveja do mundo todo, isso mesmo, 750! Para os cervejeiros de plantão, o difícil é querer sair de lá e ter que escolher entre tantas variedades, para completar a dúvida, 33 tipos de chopes, entre importados e as “local beers”, marcas genuinamente brasileiras. Mas a casa é democrática e ainda traz opções de cachaça, cidra, vinho, petiscos como hamburger e pretzel com salsicha alemã! Se quiser saber se  sua preferida está a venda lá, confira aqui!!!

Encontro de amigos blogueiros: Casal do Blog Com os Erros Aprendi e Casal do Blog Rock’n Road!

E depois de tanta cerveja, se ainda tiver energia, siga a pé até o Delirium Café, que provavelmente terá algum som e claro,  muitas opções de cerveja, por aqui são 350 rótulos de cerveja!!! Na minha concepção, a casa é dividida em ambiente,  percebi que logo na entrada concentram-se as pessoas que querem apenas tomar sua cerveja, já no 2º ambiente é onde estão os mais animados e onde rola a banda,  e ó 3º ambiente é o mais tranquilo, ideal para quem quer comer, conversar e beber, claro!

Dia 2- Domingo

Domingo é um dia ideal para aproveitar os espaços ao ar livre em São Paulo, se o dia estiver limpo, diga-se de passagem. E espaços públicos, praças e parques, São Paulo tem de sobra à sua disposição, mas nossa sugestão é que você escolha umas 3 ou 4 atrações no máximo para aproveitar com calma e sentir a energia dos paulistanos.

Comece o dia na Avenida Paulista, uma das avenidas mais importantes do país e que aos domingos ganha uma atmosfera diferente, os executivos apressados cedem lugar aos pedestres e ciclistas, artistas de ruas e famílias que vão aproveitar para caminhar na avenida que permanece fechada das 10hs as 18hs, o bloqueio ocorre entre a Praça Osvaldo Cruz e a Rua da Consolação. Aliás, acho isso uma delícia, deixar a rua para o cidadão, é uma boa oportunidade para as pessoas transitarem com calma e apreciarem certas paisagens, no caso da Paulista, apreciarem prédios, arte na rua e até um pouco de natureza, que passam despercebidas com a correria e o trânsito do dia a dia.

O ícone da Avenida Paulista!

Entre algumas atrações, temos o cartão postal da Av. Paulista o MASP, um dos museus mais importantes do país, o edifício é considerado um importante exemplar da arquitetura brutalista brasileira e um dos mais populares ícones da capital paulista, sendo tombado pelas três esferas do poder executivo.  Mais à frente você terá o Shopping Cidade São Paulo e logo mais, a   FNAC.

MASP
Shopping Cidade São Paulo

Quase na altura do MASP, nossa segunda dica para aproveitar o domingão é o Parque Trianon, um parque localizado ali no coração da cidade, bem procurado por corredores, e também para dar uma pausa.

Tranquilidade no meio da metrópole
Do Trianon, siga para o Parque do Ibirapuera, mas programe-se para sair de lá antes do sol se pôr. Caso ainda esteja com disposição, outra dica é ir para o bairro da Liberdade, conhecido por ser um pedacinho do Japão, onde aos domingos tem feira.Para terminar o dia, vá assistir a um belíssimo pôr do sol na Praça do Pôr do Sol, um dos lugares mais encantadores que tivemos a oportunidade de conhecer!!! Quem disse que São Paulo é sempre cinzenta não viu o pôr do sol que vimos por lá!!! A Praça fica no bairro de Pinheiros, bem no alto, e é um lugar perfeito para ver o pôr do sol entre os arranha-céus paulistanos!!
Que pôr do sol sensacional!!!
Uau!!! Isso também é Sampa, meu!!
Dali, dá pra seguir para a Vila Madalena e escolher um barzinho para terminar o dia, mas antes, uma parada no Beco do Batman. Quem anda pelas ruas de São Paulo, logo percebe algo bem característico: a cidade é um museu a céu aberto, cercado de arte, grafitti e com suas frases de efeito que nos fazem refletir, assim é esse icônico beco, um beco inteirinho dedicado aos artistas de rua! Esse seria apenas mais um beco se não fosse todo a arte e expressão que vimos por lá, sabe aquelas frases que dá vontade de sair fotografando tudo? Pois é, bem assim…
Beco do Batman
É fácil encontrar arte nas ruas!
Caso não queria ficar pela Vila Madalena, uma dica de restaurante que já tem em algumas cidades do Sul do Brasil e vem chegando ao Sudeste é o Madero Restaurante, que traz como carro chefe o seu hamburger como o “melhor do mundo”, já tinha ido ao Madero algumas vezes em Curitiba, mas nunca havia comido o tal Burger, e olha, me arrependi de não ter provado antes!!! Hehehe, simplesmente saboroso!!!!! Como queríamos pedir sobremesa, fomos no Burger Junior e em seguida num petit gateau de doce de leite com frutas vermelhas, que até hoje encontro palavras para descrevê-lo, mas não achei, então, fiquem com a foto:
Surreal!!!!

 

Dia 3- Segunda

Comece seu dia pelo Centro na Catedral da Sé, infelizmente como muitos lugares do país, as ruas no entorno estão tomadas por mendigos e pedintes, o que torna muitas vezes perigoso. Depois de passarmos alguns minutos na paz
dentro da Catedral, saímos para tirar fotos da faixada e logo fomos alertados pelos seguranças da Igreja que tomássemos cuidado pois a área era bem perigosa e não era aconselhável deixar celular nem câmera a mostra…. Nosso programa foi por água abaixo! Para quem quiser fazer esse tour no Centro em um dia mais calmo e sentir-se
seguro, sugiro ir em grupo, nosso amigo Clayton Rock tem roteiros para fazer a pé no Centro e na Estação da Luz!
Catedral da Sé
Catedral
Pretendíamos seguir até o Teatro Municipal, mas preferimos pegar um Uber e seguir até o Mercado Municipal. Sempre que visito uma cidade gosto de conhecer seu Mercado Central, é uma boa oportunidade de conhecer os produtos locais e a gastronomia, claro. No Mercadão (como é conhecido) de SP, ganham destaques as frutas diferentes e importadas, pra matar a saudade dos sabores que temos lá fora como as cerejas que me lembram muito
Portugal, as framboesas que me lembram os Estados Unidos, entre outras frutas que nunca ouvi falar. E claro que não podem faltar o sanduíche de mortadela ou o pastel de bacalhau.
Mercadão
Que cores, que frutas, só no Mercadão!!
Fui no Pastel de Bacalhau!!

Do Mercado seguimos de Uber para a Oscar Freire, lá a atmosfera muda e você se sente realmente numa das metrópoles mais caras do mundo, rs. Mas não se assuste, é daquelas ruas que valem o passeio, assim como a 5th Avenue em NY e a Champs Elyssès em Paris para apreciar as vitrines!! Percorremos um bom pedaço a pé, desde a pracinha da Oscar Freire, até o nosso Hotel.

Oscar Freire

E para fechar esses três dias em São Paulo, escolha um restaurante para se despedir com calma da cidade, nossa dica é o Micaela, um contemporâneo com toque espanhol!

Valeu Sampa, até a próxima!!!

 

Veja também:

O que fazer em Fortaleza O que fazer em Fortaleza? Post atualizado em 18.12.17   O que fazer em Fortaleza, um dos destinos nacionais mais procurados para férias? É ...
Em busca do vento no Paracuru Agosto costuma ser um mês de muito vento no Ceará, e este ano não está sendo diferente. Uma praia bem procurada por aqui é Paracuru, cerca de 85 km de...
Lagoas de Jericoacoara As Lagoas de Jericoacoara são um dos atrativos da região. Como se não bastasse tanta beleza, a natureza ainda reservou mais uns cantinhos especiai...
Conhecendo Búzios Nos final de semana que estivemos em Búzios, o sabadão começou agitado!! O Búzios Convention & Visitors Bureau preparou uma programação caprichada...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *