Um passeio por Roma: história, arte e cultura

Um passeio por Roma: história, arte e cultura

Roma é uma daquelas cidades que está na nossa lista faz tempo. Acredito que Roma nos reserva boas surpresas quando for a sua hora! Enquanto não conhecemos, quem nos traz dicas de Roma é a Estela do Blog Itinerário de Viagem, em mais uma post da Sessão Convidados! Obrigada Estela pelas dicas e por nos deixar com mais vontade de conhecer Roma!!!

 Roma… quem nunca quis conhecer Roma? Pois é… eu. Na minha ignorância juvenil sempre considerei esta cidade clichê demais, turística demais e um destino que todo mundo conhecia. Mas ainda bem que a gente cresce e acaba entendendo que os velhos e inúteis paradigmas não te influenciam mais, porque um dia você faz as malas e vai à Roma e ela simplesmente mostra a você por que é um dos destinos mais visitados no mundo.

 

A cidade simplesmente te capta de um jeito que fica difícil não se apaixonar! Ainda mais para quem é amante de arte, história e arquitetura como eu! Roma é um prato cheio nestas áreas!

Fiz esta viagem com meu namorado, no inverno italiano. A Itália possui muita cor vibrante e até mesmo no inverno, tenha certeza que a maior parte dos dias estarão com o céu azul! Outra vantagem do inverno é que a cidade está mais vazia e as filas são praticamente inexistentes!

Ficamos na cidade por 7 dias e já digo que foi insuficiente. Como disse, além da história e arquitetura em foco, somos amantes das artes clássicas e contemporâneas e, portanto, ficamos muito tempo dentro de museus!

Como a cidade tem muita coisa pra fazer e visitar, focamos no seu centro. A primeira coisa que você nota na cidade é o número imenso de igrejas. Na cidade inteira, são 900 (maioria católicas romanas). Mas no centro histórico eu devo chutar que são umas 200 (não sei ao certo mas acredite, são muitas). Para não se perder em tantos endereços de tantas igrejas, antes da viagem fiz uma pesquisa baseada na caça às obras de arte inseridas nelas como as de Bernini, Michelangelo e Caravaggio.

A Basilica di Santa Maria Sopra Minerva possui uma interessante escultura de Jesus de Michelangelo, que, originalmente, estava completamente nú. Hoje vemos a estátua com um pano de cobre escondendo a parte íntima da escultura, mas vale a pena chegar pertinho de algo feito por este grande artista!

Outra igreja que vale a pena a visita é a San Luigi dei Francesi que possui 3 grandes obras de Caravaggio, o artista mais briguento e pavio curto do Barroco. É emocionante ver estas obras de Caravaggio, com inspiração nas passagens bíblicas de Mateus, e notar a expressão de cada personagem no quadro.

Quando se está em Roma não tem como ignorar o Pantheon, que é a construção mais antiga e mais bem preservada da cidade! Hoje é uma igreja e vários notáveis italianos estão enterrados lá dentro, dentre eles, Raffaello Sanzio, ou Rafael, o grande pintor Renascentista.

A “fontana” mais bela da cidade é sem dúvida a Fontana di Trevi. Desenvolvida por Nicola Salvi, foi concluída em 1762. A figura central é Netuno. Em qualquer horário do dia é muito difícil tirar fotos sem pessoas desconhecidas bem do seu ladinho. É um ponto turístico muito visitado e um dos mais concorridos. Vale a pena sentar um pouco num dos poucos lugares que a fontana possui para sentar e apreciar o cair das águas tanto de dia quanto de noite.

O Coliseo também é passagem obrigatória e como o ingresso adquirido te leva também ao Foro Romano e o Palatino, saiba que você poderá levar o dia inteiro nesta região (ou pode deixar o Foro e o Palatino para o dia seguinte)! Construído em 72 d.C., alguns estudos indicam que o prédio era capaz de abrigar perto de 50.000 pessoas, e possuía 48 metros de altura. Ele deixou de ser usado para entretenimento “sádico” no começo da Idade Média.

É interessante notar que o Coliseo era todo revestido por mármore. Uma parte deste mármore você pode ver hoje ornando algumas igrejas de Roma. Além disso, os terremotos da região também contribuíram para deixar o prédio “pelado” ao longo do tempo.

Para visitar as alas subterrâneas onde os gladiadores ficavam, há uma taxa extra sobre o valor do ingresso. Se informe na bilheteria!

Entre o Foro Romano e o Palatino, destaco o Foro Romano que era o bairro mais agitado da Roma antiga. Era caótico, cheio de comércio e prostíbulos, além de ter sido o local de templos e do Senado. Possui muitas construções notáveis e algumas até icônicas.

Um pouquinho afastado do centro histórico, destaco dois museus imperdíveis: o MACRO – Museo d’Arte Contemporanea di Roma para quem curte arte contemporânea e o Museo e Galleria Borghese, para quem busca arte clássica.

O primeiro museu citado é bem interessante notar que há um esforço bacana em inserir a cidade no circuito da arte contemporânea. Com certeza os italianos não querem ser referência apenas na arte clássica do passado, querem mostrar que conseguem reinventar a arte no século XXI e por isso vale a pena a visita! O local sempre conta com exposições temporárias de artistas de vanguarda. Vale a pena citar aqui um outro museu de arte contemporânea e que também é um pouquinho afastado do centro histórico: o MAXXI – Museo Nazionale delle Arti del XXI Secolo. É notável até pelo prédio onde ocupa, idealizado pela arquiteta mais notável da época, a falecida Zaha Hadid.

O segundo museu que menciono, o Museo e Galleria Borghese é a cereja do bolo. Prédio lindíssimo dentro do parque Villa Borghese recheado de obras primas de Bernini e Caravaggio. É um deleite para os olhos de muita arte clássica cobiçada por valor histórico, perfeição, virtuosismo, enfim…

E já que você está visitando o Museo e Galleria Borghese, aproveite para passear no parque que falei, o Villa Borghese. Em uma parte na extremidade do parque chamada Pincio, você pode ter uma vista linda de parte de Roma e de lá observar a cúpula do Vaticano e de várias outras igrejas ao redor. Uma vista que vale a pena ser vista e revista!

Sobre Estela: Meu nome é Estela, sou sócia fundadora do blog Itinerário de Viagem. Meus destinos de viagem favoritos são aqueles que incluam muita história, arte e arquitetura. Também adoro conhecer lugares que fogem do lugar comum e, para isso, converso com os habitantes dos lugares que visito em busca de experiências inusitadas!

Blog: www.itinerariodeviagem.com

FB: https://www.facebook.com/itinerariodeviagem/

Instagram: @itinerariodeviagem

Veja também:

6 Razões para visitares a Bairrada, em Portugal Em mais uma Sessão Convidados, recebemos o relato e dicas da Patricia Oliveira sobre a região da Bairrada, em Portugal! A Patricia mora em Portuga...
Viajar ou não na Copa do Mundo? Eis a questão!!   Todos querem saber se viajar na Copa do Mundo será uma boa ideia, para nós, brasileiros. Pensando nisso, a sessão Vamos Viajar Convida deste...
De carro pela Gold Coast, Austrália Este mês vamos publicar na nossa sessão "Convidados" um relato de uma trip super bacana que a Stefania Mesía e o Calvin, leitores do blog, fizeram p...
Trilha do Parque da Catacumba, RJ   Temos o prazer de receber na nossa Sessão Convidados as dicas dessa carioquíssima, que só pensa em uma coisa, sair pelo mundo!!A Cris,...

2 Comentários


  1. Roma vai ser o seu próximo destino! Fico muito feliz por ter incentivado um tiquinho a mais para realizar esta viagem em breve 😉 bjbj

    Responder

    1. Oww, Estela!! Sim! Você me deixou aqui sonhando com Roma!!! Tomara que essa viagem saia logo, logo!! Adorei as dicas e vou me inspirara mais ainda!! Muito obrigada! Bjsss

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *