Cinque Terre: tudo o que você precisa saber antes de ir

Cinque Terre: tudo o que você precisa saber antes de ir

Há muito tempo eu desejava conhecer as Cinque Terre. Em 2013 havia visto fotos de lá e me apaixonei. Quando decidimos ir para Itália este ano,  pensei em fazer um bate e volta de Florença, mas com certeza eu ficaria bem arrependida!! Desde então eu vinha pesquisando qual seria a melhor logística para conhecer as Cinque Terre e agora conto tudo para vocês!

Cinque Terre
Riomaggiore

Entendendo a região das Cinque Terre

As Cinque Terre (Cinco Terras) fazem parte da Região da Ligúria Italiana, ao norte da Itália. Formada por 5 vilas fincadas sobre o Mediterrâneo: Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso, mesclando um visual de casas coloridas e um mar azul exuberante. Porto Venere ainda é considerada a Sexta Terre, mas infelizmente não deu tempo de irmos.

Em 2011, o Parco Nazionale delle Cinque Terre, que é Patrimônio da Unesco, sofreu uma grande enchente e deslizamentos. As Vilas de Monterosso e Vernazza, especialmente, foram bem atingidas. Aos poucos as terres foram se reerguendo, mas até hoje anda vimos os resquícios daquela catástrofe. A via dell’Amore, por exemplo, trilha que liga Riomaggiore a Manarola rente ao mar ainda está fechada. 

Manarola

Se você procura um destino para curtir a dois, charmoso, com boa gastronomia, Cinque Terre é uma boa pedida!!

Como chegar

Trens partem de Florença, Roma, Milão e Pisa, para citar algumas cidades. Fomos de trem a partir de Roma, e o trajeto durou em torno de 3hs50min. Compramos os tickets diretamente do Brasil no site Trainline. Já falei em outros posts o quanto gostei desse site!! Ele pesquisa todas as opções disponíveis de trem e ônibus e não cobra taxa de reserva. É cobrado apenas o IOF já que a compra é feita via cartão de crédito ou paypal, diferente do site da Trenitália que nas minhas pesquisas ainda incluía uma taxa. Detalhe, o bilhete impresso via e-mail da Trenitália não precisa de validação, apenas mostre ao fiscal quando solicitado.

Se você for de avião, os aeroportos mais próximos são o de Pisa e Firenze. Já se estiver em uma trip de carro, você pode ir até La Spezia e de lá fazer as Cinque Terre

Como se deslocar entre as Terres

A maneira mais prática para visitar as Cinque Terre é de trem. As vilas são muito estreitas e eu particularmente não acho que estar de carro seja interessante. Para se deslocar entre as Terres existe o Cinque Terre Card. O passe de 1 dia custa $ 16,00 e  o de 2 dias $ 29,00 e dá direito a viagens ilimitadas de trem entre as terres (De La Spezia a Livorno), acesso a trilhas como a Sentiero Azzurro, wi-fi nos pontos disponíveis, uso de banheiros (que custavam $ 1,00), ônibus entre vilas e dos estacionamentos até as vilas.

ATENÇÃO: O ticket vale até a meia noite e não por 24hs e 48hs. Não esqueçam de validar logo que forem utilizar. Esse lance é bem sério na Itália, se você for pegue sem o ticket validado pagará uma multa de $ 50,00,  melhor não arriscar né?  Caso você queira comprar o ticket individual, cada trecho custa $ 4,00. Quando você compra o ticket, recebe uma tabelinha com os horários de todos os trens e um mapa. 

Outra opção é de barco, nós não fizemos, mas caso você tenha interesse essa empresa tem várias opções.

Vernazza

Carros não são permitidos nas Vilas, você terá que deixar em um Estacionamento pago fora das vilas

Onde ficar

Fizemos base em La Spezia e fomos às Cinque Terre em dois dias. Era verão e eu queria aproveitar com calma cada Terre. Leia-se: tomar banho de mar em cada Terre!! 

Cinque Terre
La Spezia
Cinque Terre
MaMa

Amei muito a cidade, sabe aquele clima de cidade mais calma no interior da Itália? Pois é, sem falar que ela é linda!! Cercada de montanhas, com um centrinho bem agitado e ótimo para compras (anote ai a dica da  Moon para mulheres).

Ficamos no Centro Histórico, no Mama, a cerca de 10 minutos de caminhada para a Estação de Trem. Sei que sua intenção é conhecer as Cinque Terre, mas optando por ficar em La Spezia, pudemos curtir também a energia da cidade. Super indicamos o Mama, no estilo “Room for rent“, com apenas 5 quartos novinhos, novinhos, confortáveis e fofo!! Sem falar na atenção do Giácomo, o responsável. E sério, gente, que quarto mais cheiroso!!!!! Tinha um perfume que ao abrir a porta logo sentíamos!!! Amei, amei o Mama desde que vi no Booking.

Quando ir

Fomos no início do verão e as temperaturas estavam bem elevadas, ideal para um banho de mar. Se você quer curtir o verão Europeu, as Cinque Terre não fazem muito esse estilo. Na Itália existem muitas outros destinos para quem procura por praias. Nessa época já percebemos um grande fluxo de turistas. Em Maio as temperaturas estão mais amenas. Julho e Agosto são os meses das férias, auge do verão, com mais turistas e mais caro também. A partir de Outubro até Janeiro as temperaturas começam a cair. As vilas devem estar um charme, mas significa que você terá mais dias de chuva e frio.

Cinque Terre
Monterosso al Mare

Qual época eu indicaria? Bom, eu adorei ir em Junho, o fluxo de turistas não estava tão insuportável, acho que final de Maio seja mais vazio. Mas uma coisa é certa, eu deixaria para visitar quando as temperaturas estiverem acima de 21 graus.

Quanto tempo ficar

Aconselhamos no mínimo dois dias. Cada vila tem um charme e algo a descobrir. Um bate e volta é possível de Florença, Pisa, Gênova, mas não acho realmente válido. A  não ser que seja sua única opção.

O que fazer

Trilhas, caminhadas, curtir o sol, os restaurantes, gelattos e claro, banho de mar. Considere incluir uma visita à noite em alguma Vila, lembrando que no verão os dias escurecem mais tarde (em torno de 20:30hs, 21hs).

Cinque Terre
Vernazza

Pelo que vi em algumas fotos as trilhas são lindas, com visuais incríveis, mas como o sol estava muito forte e como esse era o penúltimo destino da nossa viagem, já estávamos bem cansados, então optamos por não fazer.  Mas para quem for, existe também a opção do Cinque Terre Trekking Card, igual ao Cinque Terre card mas sem os trens, disponíveis nas versões de 1 ou 2 dias ($ 7,50 e $ 14,50, respectivamente).

 

Particularidades de cada Terre

Fizemos as terres na ordem da última para a primeira. 

  • MONTEROSSO AL MARE: é um pouco diferente das outras terres, não tem aquele visual de penhascos desaguando no mar como as outras. Possui uma extensa faixa de areia e das cinco terres é a que tem mais cara de praia, com guardas-sóis à beira mar. É também a maior das terres, possuindo duas partes: Fegina e o Centro Histórico. Aproveitamos para almoçar por lá curtindo a vista do mar! Cuidado que na faixa de areia tem uma área privativa, onde é preciso pagar para estar na barraca. Não achei nada demais, apenas uma estrutura mais ajeitadinha. Um pouco mais à frente o acesso é livre e tem inclusive uma ducha de água doce.  

  • VERNAZZA: Uau, que beleza essa terre…logo que chegamos caminhamos em direção ao mar e demos de cara com uma fenda de pedra. Entrando por ela demos de cara com o mar, ficamos um bom tempo naquela praia privativa. Achei a água aqui bem mais transparente que em Monterosso. Só cuidado porque a praia é de pedra e tem que ter um pouco de atenção para entrar no mar.

  • CORNIGLIA: A única das Cinque Terre que fica bem no alto, é preciso pegar um bus para subir até a vila (incluído no Cinque Terre Card), ou encarar a caminhada. Eu passei um pouco mal de manhã e não consegui subir até lá. Até descemos na estação, mas acabamos seguindo para Manarola. Uma pena, mas fica um motivo para voltar.

  • MANAROLA:  Ainn, essa é a minha preferida!!! Acho que por causa do visual tão característico das Cinque Terre, por causa do Restaurante mara (Nessun Dorma) que tem lá de cara pra esse visual, não sei mas Manarola é a realização de que estamos nas Cinque Terre! Ruazinhas estreitas, banho de mar delicioso, um clima bem gostoso mesmo!! Nessa foto estou no caminho do Restaurante em direção também a uma das trilhas da região. bem ali embaixo é uma delícia para tomar banho de  mar e do outro lado a galera fica saltando e o povo tudo observando, uma diversão só!!!

 

  • RIOMAGGIORE: Confesso que me surpreendi com Riomaggiore. Descendo em direção ao mar tem uma pequena trilha que vai dar em uma pequena faixa de praia. É, não é bem uma praia, mas uma área de pedras com acesso ao mar e alguns se arriscam até nos guarda-sóis. Mas a água, que delícia, e super transparente!!!! 

Restaurantes

Eu não sou de anotar muito os nomes de Restaurantes, gosto de ir passando e se “for com a cara” do lugar eu fico. Claro, se tiver alguém com cara de satisfeito também, rsrs… Mas eu tinha visto no Insta da Fabi do @loucosporviagem o Nessun Dorma e botei na cabeça que tinha que ir lá!!!! Simplesmente maravilhoso!!! O Nessun Dorma, em Manarola, além de uma vista linda, tudo que pedimos estava maravilhoso. Não tem muito o esquema de refeições, é mais para tomar um drink, com aperitivos, e curtir o visual!!

Outro imperdível é o Carpe Diem em La Spezia, comida maravilhosa e atendimento excelente. Esse íamos passando e simpatizamos com o local, tanto que nas duas noites jantamos nele!!

Em La Spezia comi a melhor casquinha de sorvete da minha vida, sério!!! Foi na Il Gelatiere del Prione, fica na Via del Prione, rua principal da cidade. Essa Itália é uma tentação!!! Quer um conselho? Faça uma dietazinha antes de ir pra lá!!! vou ficar devendo fotos, mas da um google ai que você acha!!!

Fora que os outros lugares que comemos, nenhum foi ruim, não tem erro, onde você sentar terá uma ótima refeição!!! Vai por mim!!!

Para finalizar

As Cinque Terre superaram minhas expectativas. Sem dúvidas poder dividir a visita às vilas em dois dias foi uma ótima escolha. Pudemos curtir com calma, sem muita pressa e sentir um pouco da Riviera Italiana. Sem dúvidas, um dos pontos altos da nossa viagem à tão sonhada Itália!!! E se vale a pena dar um pulinho lá? Nossa resposta é SIM!!! Você não vai se arrepender!!


Gostou do nosso post? Saiba que você pode colaborar com o Blog! Ao fazer suas reservas no Booking, faça  nesse link. Você não paga nada a mais por isso e nós recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o Blog!!

 

Veja também:

Londres e as atrações que valem a visita Londres sempre esteve na minha lista de desejos, posso citar milhares de motivos para você ir lá, mas quando penso na terra dos Beatles e da Rainha le...
Roteiro de 6 dias em Curaçao Roteiro de 6 dias em Curaçao para você aproveitar cada canto da Ilha! Na viagem que fizemos ao Caribe, conhecemos Aruba e Curaçao. Já falamos de dicas...
Blue Lagoon, Malta A Blue Lagoon, em Malta, é um pedaço do paraíso. Uma verdadeira lagoa em pleno Mar Mediterrâneo de um azul turquesa surreal de lindo! Não é à toa que ...
Paris para iniciantes Estivemos em Paris duas vezes. Na primeira vez passamos cinco dias e na segunda oito. Quando decidimos incluir pela primeira vez a Cidade Luz no n...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *