Comprar um carro ou viajar?

Comprar um carro ou viajar?
Chega uma hora na vida que você precisa fazer escolhas, e começa a fazer exatamente o que tem vontade e não o que os outros acham que é o correto ( na concepção deles!). Desde 2006 quando eu e meu namorado nos conhecemos e viramos parceiros de viagens, saímos desbravando vários lugares desse mundo e começamos a repensar nossas prioridades.

Fizemos a nossa primeira viagem internacional juntos em 2010 quando fomos para Argentina e de lá pra cá não paramos mais…. Desde então eu, Larissa,  só tenho um destino final para a maior parte do meu salário: VIAJAR!!! Essa foi a minha escolha, e tenho certeza que não me arrependerei.

Buenos Aires, 2006, a primeira viagem  de muitas!
Viajar virou minha paixão, meu hobby e minha terapia, contabilizo milhas aéreas e converto sempre o preço de um vestido ou bolsa pelo preço de uma passagem!! E como já dizia aquela música, “cada escolha, uma renúncia, isso é a vida”, eu renunciei e abri mão de muitas coisas que ao meu ver não me parecem essenciais, como por exemplo, ter um carro. Mas vez por outra ainda ouço uma pergunta do tipo: Porque você não para de viajar e compra um carro? Não acha que esse dinheiro poderia ser investido em um carro ou em um apartamento? Tá, antes que eu responda com um grosseiro Porque eu não quero, o dinheiro é meu e eu faço o que bem entender, prefiro respirar fundo e dizer: Porque continuo preferindo viajar! É, quem prefere viajar tem que sempre estar preparado para explicar que viajar é a melhor coisa do mundo…. Melhor que comprar bens materiais, independente de ser um carro ou uma bolsa nova!
A cada viagem uma descoberta. (Amsterdam)

Voltando ao carro, ele nunca foi prioridade na minha vida e depois que sofri um grave acidente de carro em 2010 (que me deixou sequelas até hoje), deixou de ser mais ainda. Mas esse não é o principal motivo, realmente digo que é uma escolha, e poderia muito bem fazer como dezenas de amigos, financiar um carro a perder de vista, pagar parcelas mensais e ter me carrinho que me garantiria minha liberdade de ir e vir e só viajar de 3 em 3 anos. Ops, eu disse liberdade? É isso o que a grande maioria das pessoas acha, carro dá liberdade de ir para qualquer lugar a qualquer hora, e não depender de ninguém, mas… oi? E pra que que serve táxi mesmo? Ah, na boa, prefiro ter a liberdade de sair de táxi, ter a escolha de beber ou não quando tiver vontade sem ter que ficar preocupada se vou pagar uma multa de mais de 2 mil se for pega numa blitz! E mais, ultimamente venho redescobrindo como é bom andar de bicicleta na minha cidade e descobrindo novos lugares!

Como é bom andar de bike! Em qualquer lugar do mundo é sempre uma boa opção (Amsterdam).

Não me incomodo de andar de metrô em outros países, porque me incomodaria de andar de táxi ou ônibus na minha própria cidade? Ah, porque no exterior é cool, divertido e diferente, ok, se você acha assim, eu também acho super divertido chamar um táxi pelo aplicativo no meu celular,se quiser ainda pago com cartão de crédito e de quebra junto milhas no cartão, rsrsrs. E agora com o Uber, é até legal andar de “motorista particular” pagando menos!! Ou então, alugar e ter um carro por uns dias em algum destino da viagem e como dizem por aqui, tirar onda!! Pois existem lugares que realmente o carro se faz necessário, então, alugar acaba sendo uma boa opção!!

Liberdade pra mim tem outro sentido, sinceramente, prefiro ter a liberdade de decidir minhas próximas férias, pra onde quero ir, se tiver a fim de “ostentar” e ficar em um Hotel 5 estrelas eu fico, e daí? Eu quero ter a liberdade de sentir o vento bater no meu rosto, de molhar meus pés nos Oceanos Pacífico, Atlântico, Índico, de comer algo que nunca ouvi falar, de ver pessoas estranhas com roupas esquisitas,  enfim,  ter a liberdade de viver !! Quer mais liberdade do que conhecer e viver todos os continentes do mundo?
O mundo é bem mais do que podemos sequer imaginar!

Não critico quem tem carro (como já falei, cada um sabe das suas escolhas), apenas não tenho essa prioridade na minha vida, se eu fosse rica ou dependesse de um carro para trabalhar, quem sabe meu discurso seria diferente, mas agora eu prefiro juntar meu suado dinheirinho para viajar e contar minhas histórias para vocês. Já estou acostumada a responder essa e outras perguntas do tipo: Porque você não para de viajar e casa? (Opa, dessa pergunta já me livrei, rs!!! ) Já está ficando velha, não vai ter filhos? Quando vocês vão parar de viajar e finalmente ter a casa própria de vocês e filhos? (Esse é um assunto para outro post! Filhos, ter ou não ter…rs)E mais mais vez eu digo: Questão de prioridade e escolhas! Porque as pessoas tem essa falsa impressão de que quem viaja no fundo quer fugir de si? Ou será que elas não suportam nos ver felizes viajando e dariam tudo para trocar de lugar com a gente?

Ande por estações e estradas diferentes! (New York)

Posso citar inúmeros motivos que me levam a não ter um carro, mas me limito a dizer que prefiro gastar meu dinheiro conhecendo novas culturas, novas praias, provando comidas diferentes, vendo o modo de viver de outros povos, cada vez que volto tenho mais certeza de que esse mundo é bem maior do que imaginamos, e que ele não se limita a um palmo dos nossos olhos.

E afinal o que é felicidade?  O que é liberdade? Se para uns é ter bens materiais, eu prefiro encontrar a minha em experiências e momentos inesquecíveis, afinal, o que levamos dessa vida senão a vida que vivemos? E viajar não é de graça, você precisa ter uma renda para isso, então escolho comprar minhas viagens, gastar em algo imaterial que me trará uma felicidade indescritível, a investir em bens materiais.
Viajar é ver a vida de um novo ângulo (New York)

Fico feliz por ter encontrado um parceiro que pensa como eu, que quer viver esse mundão, que me acompanha, (às vezes até vai só), e tenho certeza que já estamos felizes fazendo essas escolhas. E acreditem, eu realmente sou feliz viajando e não sinto a menor falta de comprar um carro, ou uma bolsa nova a cada mês ou sapatos de todas as cores e saltos!!!

Assim eu sou feliz!!! (Jericoacoara)

Daqui uns eu vou guardar as boas lembranças de tudo que vivi, viajei, vi
e senti….São momentos inesquecíveis que fazem você olhar para trás e perceber que fez a escolha certa! Enquanto isso, só deixo um conselho, se você está na dúvida se compra um carro ou se dá uma volta ao mundo, nem pense duas vezes, vá por mim: VIAJE!!!

Nossa terapia!!!

P.S.: Esse post pode parecer um desabafo, mas é uma reflexão sobre o que realmente é importante na nossa vida. Citei o exemplo do carro, por ser o mais recorrente comigo, rs, mas podemos pensar em outros bens materiais que com o passar do tempo acabam encostados no fundo do armário e que dariam para comprar uma viagem!! E quero deixar bem claro que não critico quem tem carro, apenas esta não é uma prioridade minha!

Veja também:

Londres e as atrações que valem a visita Londres sempre esteve na minha lista de desejos, posso citar milhares de motivos para você ir lá, mas quando penso na terra dos Beatles e da Rainha le...
Roteiro de 9 dias em Nova York Nova York sempre esteve nos sonhos de muita gente, inclusive no nosso!! Quando pensávamos em conhecer os Estados Unidos vinha logo à mente começar...
O que fazer em Fortaleza O que fazer em Fortaleza? Post atualizado em 18.12.17   O que fazer em Fortaleza, um dos destinos nacionais mais procurados para férias? É ...
Jericoacoara: Roteiro completo Neste roteiro completo de Jericoacoara, você  vai encontrar todas as dicas que precisa! Jericoacoara, no Ceará é uma das praias mais paradisíacas do...

9 Comentários



  1. Excelente! respondeu minha dúvida. Já estava preste de assinar uma prisão chamada, financiamento do carro, hoje vi que serei muito feliz viajando ao mundo. Isso aqui foi profundo;” Liberdade é ter o mundo ao seu alcance e conhecer infinitas culturas, pessoas, lugares … ” Muito obrigado e um grande abraço ao casal.

    Responder

    1. Brener!!! Que legal ler isso!!!
      Espero que vc seja muito feliz na sua escolha e que você tenha a liberdade de conhecer esse mundão!!!!!!!
      Abrçosss!!

      Responder

  2. Nossa que lindo, eu por deveras vezes me peguei com essas dúvidas, mas, porque queria essa tal liberdade ( e nunca mais ter que ppegar bus, Uber ou pedir carona) mas, no fundo no fundo, sei que o que eu quero mesmo é VIAJAR! Explorar cada pedacinho desse mundão grande! Como eu poderia imaginar que teria um post sobre isso rs.. é um sinal! Amei as coisas que você escreveu, me ajudou muito e me encorajou a seguir meu coração e deixar meu lado consumista de lado rs. Boa sorte, muitas viagens, saúde e amor você fofa!

    Responder

    1. Izabella, que bacana receber esse feedback em pleno sábado de manhã!! ♥️ É isso que me deixa feliz, ver o quanto estamos inspirando as pessoas!!!! Siga seu coração, ele sempre vai te mostar o melhor caminho!!!!! Boa sorte pra vc tb, viagens e amor no caminho!!!! Beijos e obrigada pelo carinho!

      Responder

  3. Oi Larissa! Seu texto e otimo. Compartilho sua opiniao: tudo e uma questao de prioridades. Viajar e a grande paixao da minha vida, e quando me sinto viva e livre; quando posso ser eu mesma e permitr que minha essencia aflore. Bom, eu estava vivendo um dilema: trocar de carro ou investir numa viagem?! Depois de debater com minhas ideias, optei pela viagem por motivo obvios! Afinal, como voce mencionou no post: "o que se leva da vida ao nao ser a vida que tivemos?"

    Responder

    1. Olá!!!!
      Ahh, que bom! Muito obrigada!!

      Eu até hoje ainda prefiro viajar, rs… Não sei, mas acho que estou fazendo a escolha certa, peo menos isso é o que me faz feliz!!!

      E siga seu coração, ele sempre vai te mostrar a melhor escolha!!!

      Beijoss

      Responder

  4. Excelente publicação. Estou vivendo esse impasse entre comprar um carro e viajar. Eu amo viajar, e isso é sem dúvida o que eu mais gosto de fazer. Recentemente comecei a planejar uma viagem para a Índia (um dos lugares que mais quero conhecer no mundo!) e então muitos começaram a me questionar: mas por que você não financia um carro pra ter a sua liberdade? Ora, que liberdade é essa que me impede de fazer aquilo que eu mais amo nessa vida? E isso não é apelo emocional, é absolutamente racional. Emocional seria se entregar para um desejo de outrem, para aquilo que mais convém a sociedade e não a si mesmo. É preciso ser egoísta em alguns momentos de nossa vida… Um grande abraço, e parabéns pelo blog! =D

    Responder

    1. Oi, Cicero, tudo bem? Primeiramente, obrigada!! Esse é um dos meus posts preferidos, sempre leio e releio!!!
      As pessoas estão confundindo muito o conceito de "liberdade", será que liberdade é ter um carro e transitar numa cidade quando bem quiser ou liberdade é ter o mundo ao seu alcance e conhecer infinitas culturas, pessoas, lugares, enfim, VIVER? Eu fico com a segunda opção, rs… Viajar é um dos grandes prazeres da vida, pois amplia horizontes, te faz perceber que vc é apenas um ser entre bilhões de outros, que o que vc achava que era certo na verdade nem pode ser pra outra pessoa, e por ai vai…. Acho que vc está certo em fazer esse investimento no seu sonho, na sua viagem, algumas vezes precisamos ser egoístas e seguir o nosso coração!!! Quando estiveres na India, seus amigos ficaram cheios de inveja das sua fotos e no fundo com vontade de ter essa coragem tb!! rrs

      Obrigada pelo comentário, que bom que tem pessoas que pensam assim como eu! E obrigada por nos acompanhar!! Grande abraço.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *