Jericoacoara: Roteiro completo

Jericoacoara, no Ceará é uma das praias mais paradisíacas do Brasil, não sei descrever o que a torna tão especial: sua praia tranquila, sua vibe única ou sua mistura de pessoas do mundo todo, mas o fato é que Jeri é sim daqueles lugares especiais que só quem já esteve lá para comprovar.


Somos de Fortaleza e Jericoacoara está a algumas poucas horas de nós, então, sempre que bate aquela saudade ou quando o trabalho nos permite uma viagem  rápida é pra lá que vamos! Outro  motivo que sempre nos leva  a  Jeri são os  ventos,  que a partir de  Agosto  costumam  “bombar”  por  lá atraindo turistas do mundo todo adeptos do Windsurf.
QUANDO IR
O Ceará é conhecido como Terra do Sol, o que significa que na maior parte do ano você vai encontrá-lo, porém, de meados de Janeiro até final de Março, é o período chuvoso, que em alguns anos se estende ainda por alguns dias em Abril e Maio. A vantagem é que dificilmente você presenciará 3 dias seguidos de chuva, assim, não se assuste se chegar em Jeri e estiver chovendo. De Agosto até Novembro e meados de Dezembro é a temporada de ventos, ideal para quem vai praticar Windsurf ou Kitesurf. Evite feriados prolongados onde os preços triplicam e a cidade fica lotada, se puder, fique no mínimo 3 dias completos. 

Jeri e sua vibe no pôr do sol

COMO CHEGAR
De Fortaleza até Jijoca são 3hs30min de carro seguindo pela Estruturante ou CE 085, a estrada é bem sinalizada e praticamente uma reta. Até o município de Paraipaba a via é duplicada e as obras seguem adiante, em alguns meses a duplicação aumentará o que trará mais segurança e rapidez. Caso você esteja em um carro de passeio que não seja 4×4 ou alugado, sugerimos deixá-lo no município de Jijoca (cerca de 20km de Jeri) em algum dos estacionamentos da cidade, sempre deixamos no JV Estacionamento, o 3º à direita após a entrada de Jijoca (preço R$ 20,00 a diária em Dez’15).
Entrada do Estacionamento J.V.
De Jijoca até Jeri pegue uma “lotação” em uma D20 das Cooperativas (R$ 15,00 por pessoa em Dez’15), ou caso prefira você pode fretar uma Hilux para até 4 pessoas.

Lotação

Caso você esteja em um 4×4 e queira seguir até Jeri, e caso seja sua primeira vez, aconselhamos contratar um guia para te acompanhar pois a estrada não é demarcada e em alguns trechos você passará por dunas e areia. 

Trecho pelas dunas entre Jijoca e Jeri

Quem pretende ir de ônibus, a Empresa Fretcar tem saídas diárias do Aeroporto, Rodoviária e Beira Mar, o valor inclui o ônibus até Jijoca e a jardineira de Jijoca a Jericoacoara com preços a partir de R$ 47,85 (Convencional) até R$ 76,00 (VIP e Executivo) mas a viagem pode durar até 8hs!! Já fomos inúmeras vezes de ônibus e sempre optamos pelo VIP ou Executivo pois eles vão direto, sem paradas no caminho.

Outra opção é o transfer de Fortaleza até Jericoacoara em um veículo 4×4 (R$ 500,00 cada trecho para até 4 pessoas), essa sem duvidas é a opção mais confortável mas também você irá desembolsar um pouco mais. (Contato: André / Tels: 85 98608-1798 e 85 99981-0717)
Como em Jeri não é permitido o tráfego de carros, nossa dica é: se está indo de carro deixe-o em Jijoca e siga numa D20 ou Hilux, além do que, o Estacionamento em Jeri não é coberto (outra desvantagem!).
O QUE FAZER
Jeri é democrática, é para quem gosta de esportes, festas, prefere o dia, sair à noite, ou ficar o dia na praia de bobeira pegando sol. Atividades não faltam e entre as mais conhecidas estão:

– Passeios de buggy para as Lagoas do Paraíso , Lagoa Azul, passando pela Árvore da Preguiça. Fizemos este roteiro em Setembro’2014 e você pode conferir nossas dicas nesse post;

Árvore da Preguiça
Lagoa do Paraíso

– Aulas de Windsurf, Kitesurf e Surf: Existem diversas opções de escolas para a prática de esportes aquáticos, optamos pela aula de surf do ClubVentos, e você pode conferir nossa experiência aqui;

Wind em Jeri é outra boa opção de atividade

– Passeio de buggy ou quadriciclo para Tatajuba que inclui passagem do rio por balsa, visita a mangue seco e piscinas entre as dunas, ainda não fizemos mas foi super recomendado e as fotos que vimos de lá são lindas;

– Ida à Pedra Furada, que pode ser numa caminhada ou de passeios a cavalo e buggy, sempre que fizemos optamos por ir caminhando, verificando a maré seca para não ter risco de voltar do meio do caminho. Acho que essa é uma das formas mais gostosas, pois no meio do caminho passamos por algumas piscinas naturais, pedras, subidas e alguns visuais bem bonitos. A caminhada dura cerca de 1h cada trecho de ida e volta;

Pedra Furada logo cedo, sem ninguém!!

–  Duna do pôr do sol, um dos momentos mais incríveis e inesquecíveis e Jeri é o seu pôr do sol, e um dos tradicionais lugares para contemplá-lo é do alto da duna, que ultimamente reduziu muito de tamanho mas mesmo assim continua sendo um programa legal, você tem que subir pelo menos uma vez;

Pôr do sol do alto da duna

Contemplando o pôr do sol

– Forró da Dona Amélia, um dos programas mais tradicionais de Jeri, o forró acontece em dias aleatórios onde os turistas ficam sabendo na tarde quando uma pessoa passa anunciando: “Hoje tem Forró!”. Fica na Rua do Forró, onde durante o dia funciona o Restaurante da D. Amélia;

Foto antigona só para comprovar que já fomos no Forró!

– Curtir o dia no ClubVentos é um dos meus programas preferidos quando o esposo vai velejar! Chegue cedo para ficar nas concorridas espreguiçadeiras, que não são cobradas à parte, diferente de outras barracas na praia, pague apenas pelo consumo! De frente para o mar o ClubVentos tem uma localização privilegiada, como fica no alto parece um mirante com a visão de toda a praia! O clima por lá é bem descontraído, bons drinks, comida gostosa e atendimento muito bom. Excelente local para contemplar o pôr do sol, alguns dias rola som ao vivo e cinema duas vezes na semana;

Visual d ClubVentos

ONDE COMER
Já escrevi um posto sobre Onde comer em Jericoacoara, e para minha surpresa continuo com as mesmas dicas de 2014!! Sendo assim, vou apenas atualizar algumas informações e colocar algumas observações sobre os que já indicamos e aumentar um pouco a lista!

– Restaurante do ClubVentos: continua do mesmo jeitinho e sabor, na alta estação o self-service funciona a partir das 12hs (R$ 63,0/kg em Dez’15) e no cardápio continuam as opões de sanduíches naturais, açaí, saladas, sucos naturais e drinks. Fecha às 18hs;

– Restaurante Tamarindo: disparado o nosso preferido!!!! A comida consegue manter a mesma qualidade a anos, tanto que da última vez jantamos todas as noites lá!! Destaque para o pão caseiro servido junto com as massas e na bruschetta, massas muito bem servidas. Nossas pedidas a cada noite nesta última viagem: Ravioli negro com camarões, massa com frutos do mar, salmão com manga grelhada, peixe com brócolis, batata gratinada e tomate recheado, e vatapá de lagosta e camarão com batatas bravas e bruschetta! Ufa, tudo delicioso, pena que a luz do ambiente não deixou as fotos boas…

– Restaurante Della Casafechou e no seu lugar tem um Tailandês que não provamos!

– Padaria Santo Antônio: Uma das atrações da madrugada de Jeri, a Padaria só abre a partir das 2hs da manhã, e vai até o comecinho da manhã. Na alta estação fica aberta até umas 8hs, mas se quiser pegar uma maior variedade de pães como o de chocolate, vá cedinho cedinho!!!

Pão com queijo e café com leite na padaria! Melhor café da manhã!!

– Ponto Doce: nossa sobremesa preferida para o café da tarde! Por lá a especialidade são brigadeiros gourmet e algumas tortas doces e salgadas, além de cafés e chás. Entre os sabores de brigadeiros: limoncelo, nutella com leite ninho, chocolate com pimenta e outros bem exóticos! Funciona a partir das 15hs e fica na Rua do Forró.

Vitrine deliciosa do Ponto Doce!
ONDE FICAR
Em Jeri procuramos sempre as pousadas com melhor custo benefício e pesquisando você consegue achar uma que caiba no seu bolso e no seu estilo. Como vamos várias vezes ao ano não buscamos pousadas luxuosas, nossas opções são pousadas mais em conta e com uma boa localização. Desta última vez decidimos bem em cima da hora e como era véspera de Ano Novo foi difícil achar uma num bom preço, por isso, se você for em feriados prolongados nem pense em pesquisar em cima e muito menos quando chegar lá. Também rodamos muito atrás de uma pousada para a última noite e deu pra conhecer outras legais para dar a dica a vocês.

Começando pelas que já ficamos:
– Pousada Ponta da Pedra: Super bem localizada, fica em frente à praia. Gostamos muito do café e da localização;

– Pousada Isabel: Foi nossa escolha por anos, mas depois que colocaram uma piscina e a arrendaram os preços aumentaram absurdamente. A localização é uma das melhores, no final da Rua do Forró, mas pelo valor dela você consegue uma mais confortável;

– Pousada Solar da Malhada: Tem camping e pousada, gostei do quarto, grande e com redes na varanda, a única desvantagem é não ter ar-condicionado, mas tem chuveiro quente. Fica em frente à Igreja e é bem tranquila tanto durante o dia quanto à noite. A vantagem é que os quartos tem opções para duas, três ou  mais pessoas. Só não curti muito o atendimento, mas dá pra relevar em virtude do valor;

– Pousada Tropical Brasil:  primeira pousada que fique em Jeri, bem confortável mas fica um pouco longe da praia, mas o custo x benefício compensa;

– Flow Guest House: Um guest house bem simples, bem mesmo, para que não tem frescura! Alguns quartos não tem forro. Tem ventilador e a dona é uma simpatia, arrumou um quarto pra gente nas últimas. Bem localizado, fica próxima à Rua do Forró.

E algumas que conhecemos mas não ficamos:

Pousada Tamarindo: Achamos bem bonitinha, são apenas 4 quartos em uma rua bem tranquila (Rua da Duna), um pouco longe da praia mas com um ótimo custo x benefício. Ah, e parece que o pão caseiro do Restaurante é servido no café da manhã, delícia!!!

– Pousada Vila Lusa: Boa localização mas nem entramos para conhecê-la, achei bem bonita vista por fora;

– Pousada Villa Caju: Fica ao lado da Padaria Santo Antônio, e achei bem chic e com um bom preço;

– Pousada Papagayo: Boa localização, no Beco do Forró;

– Pousada Cavalo Marinho: Boa localização e sempre tem promoções em sites de compra coletiva.

Camping:

– Camping Solar da Malhada;

– Camping do Natureza.

DICAS FINAIS
– Esqueça o saldo alto, Jeri é toda de areia, leve apenas havaianas e no máximo tênis;
– Não esqueça o repelente;
– A maioria dos restaurantes e pousadas aceitam cartões de crédito e débito, mas alguns precisam “passar o cartão” no supermercado, por isso, verifique logo no seu check in essa possibilidade;
– No vilarejo não há caixa eletrônico;
– Faça sempre passeios com buggys credenciados;
– Respeite as áreas determinadas para a prática de cada esporte aquático, na praia principal não é permitido kitesurf, na Malhada é para surf, e por ai vai, tem placas espalhadas na praia;
– Não é permitido o tráfego de carros na vila, não insista;
– Evite fazer a caminhada para a Pedra Furada sozinho, vá sempre em dupla ou grupo maior.

Caso tenha mais alguma dúvida sobre Jeri, nos enviem nos comentários ou para o e-mail: contato@vamosviajarbrasil.com.br que teremos o maior prazer em te ajudar!

E depois dessa foto, precisa dizer mais alguma coisa?

19 thoughts on “Jericoacoara: Roteiro completo

  1. Oi, Pamela, obrigada!!!! Sim, pra ir pras lagoas tem que ir de buggy pois elas ficam um pouco longe, é mais perto de Jijoca pra falar a verdade… E com certeza é um bom passeio, vale a pena!! Você consegue pegar um buggy e fazer vários passeios em um dia!! Bjs e qq dúvida pode perguntar!!!!

  2. Adorei as dicas. 😉
    Vou pra Jeri dia 11/06, sozinha.
    Fiquei apenas com receio quanto a Pedra Furada. Não é possível mesmo fazer a caminhada sozinha? É perigoso?
    Obrigada!!!

  3. Oi, Aline, obrigada!!! Olha só, todas as vezes que fui pra Pedra Furada eu fui caminhando, mas acompanhada, só tem que ter cuidado com a maré! Mas meu conselho é que vc vá com alguém, pq tem alguns trechos que você não vai cruzar com praticamente ninguém no caminho e apesar de ser seguro por lá, vez por outra sabemos de alguns casos de mulheres que estavam sozinhas, e tal, melhor não arriscar…pede na pousada alguma ajuda, pergunta se tem alguém indo pra lá e combina, é mais sensato ir com mais outra pessoa!!! Qq dúvida pode perguntar!!!

  4. Olá, tens alguma indicação de guia para acompanhar de Jijoca até Jericoacoara?
    Ou sabe me dizer em média quanto eles cobram?

    Ótimas dicas! Obrigada por compartilhar!

  5. Olá, tudo bem? Infelizmente não tenho nenhum guia pra indicar pois nunca fiz esse trajeto com um, mas assim que chegar em Jijoca vc vai ver vários guias bem na entrada da cidade, eles cobram em média R$ 50, R$ 60…

    Vc vai de carro 4 x 4? Se não, nem indico muito ir de carro pois em Jeri não é permitido transitar nas ruas e o estacionamento não é coberto, já em Jijoca vc tem a opção de deixar o carro em um estacionamento coberto e pegar um transfer por R$ 20.

    Ah, obrigada!! QQ coisa pode perguntar aqui!!!

  6. Olá Larissa tudo bem? primeiramente parabéns pelos posts =)

    Estou com viagem marcada para o Final desse mês e vc saberia me dizer se tem bastante opções de transporte e horários para translado Jeri – Fortaleza ?
    Pois as agências de viagem oferecem poucas opções.

    Outra dúvida, vc acha uma boa época em termos de temperatura o mês de Julho?

    Obrigado
    Abraços Fernando

  7. Oi, Fernando, tudo bem?
    Obrigada!!!!

    Vc tá pensando em ir no ônibus da Fretcar ou de 4×4? De ônibus tem 3 ou 4 horários disponíveis, de transfer eu coloquei um contato nos comentários aqui, vc pode tentar fechar logo com ele!

    Em Julho é uma boa época pq vai tá tudo funcionando e o tempo é bom, aliás, o inverno aqui é tranquilo, sol todo dia!! Hehehe

    Essa semana em Fortaleza deu uma chuvinha mas bem rapidinho, hoje já tá um solzão!!!

    Abração e qq dúvida pode perguntar!!!!

  8. Então Larissa eu fechei um pacote CVC, bem provável que pelo tempo estimado (8hs de viagem) seja pela Fretcar. Vou pegar aquele contato que vc colocou acima, pq senão nós vamos perder 2 dias só com as viagens.

    Ah que bom que ta quente, queremos fugir do frio de SP rsrs

    Abraços

  9. Oi, Fernando!! hum, 8hs então é de bus mesmo!! Se bem que dependendo do horário chega a ser em umas 6, 7 horas! Rs

    Ahhh, aqui não tem pra onde fugir não, tem sol todo dia!! Hehehe… E não se assuste se chover um dia, no outro o solzão abre!!!!

    Se precisar de alguma dica a mais pode ficar à vontade e perguntar!! Ai, Jeri é demais, pensando tb em chegar lá esse mês pra matar a saudade!!!!

    Abração!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *